Colho rosas, sem espinhos,
Eu os retirei todos da nossa vida!..
Colho rosas e planto amores
que não nos darão dissabores!..

Olho o céu e te contemplo,
alma adorada da minha!
Quero uma noite calma,
uma paz profunda,
um beijo quente,
impregnado de saudade,
que não passa, nem passará,
pois nosso amor não é daqui,
sempre estive aí!..

Quero te dar as mãos ,cheias de carinho,
abraços plenos de vigor,
energia para o nosso amor!..

Ah! Quero tanta coisa...
Manter-me viva,
com teu olhar
que me espreita, de onde estás!

Enfim, quero teu doce amor,
tratado, como flor,
que me acalenta,
me embala,
me faz dormir,
quando penso em ti,
em mim,
em teu amor,
"Doce Amor"!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Midi: Ernesto Cortazar - Autum Rose