Pingos de Ouro

Adentro meu portão,
pingos de ouro vejo,
muitos, fazendo coroas de flores,
um Anjo acima de uma pilastra.
Vou entrar na casa encantada!

Não é o campo Francês...
São meus Pingos de Ouro,
que despontam com tanta força,
com tanto amor,
que meus olhos chegam
a doer
em ver tanto ouro!..

Ouro dado pela natureza,
botões de ouro me saúdam,
me dão Bom Dia, Boa Tarde e
à noite dormem, esperando
o amanhecer,
para recomeçar esta doação divina
de graça pela graça,
de tudo dar e nada querer!

Eda Carneiro da Rocha